8 de janeiro de 2010

Avatar sucks!

Achei o filme tão ruim que o post vai ser curto e grosso! Pense em um filme que mistura todos os clichês de "Dança com Lobos", "Rambo 3", "Independence Day" e "Pearl Harbor". Agora contrate os Smurfs para estrelar o filme! Pronto! Este é - na minha humilde e emputecida opiniãozinha - "Avatar", dirigido por James Cameron e em cartaz na cidade!

Achei que o cinema hippie tinha acabado, mas... not! Saí me sentindo ridicularizado da sessão de ontem no Shopping Iguatemi ao ver todo o público aplaudindo o filme. Por favor, né? Primeiro: "Gente, olha só: o James Cameron não pode vir a esta exibição, ok?". Segundo: um filme que pretende discutir a necessidade de integração homem-natureza num mundo em que a guerra tá comendo solta, produzido no país que detonou a ultima guerra e que não moveu um dedo em Copenhagen no último ano? Oi? Ninguém fez este link na sessão?

"Avatar" me soa como um tradicional pastel de vento: muito efeito e pirotecnica pra um roteirinho fuleiro que mais parece "filme pra limpar a barra dos americanos" do que qualquer outra coisa. Fora do cinema dois rapazes que saíram da mesma sessão estavam brigando por um taxi. Aposto que eles estavam aplaudindo o filme.

10 comentários:

Malcon Bauer disse...

Vc esqueceu os Thundercats...

Daniel Olivetto disse...

é verdade... não tinha pensado nisso!

gilvas disse...

quanta virulência, senhor olivetto. vou confirmar a bem provável ruindade do milionário esforço cinematográfico do senhor cameron, mas apenas depois que passar o burburinho nas salas do capital.

Enzo Potel disse...

o pior não foi o comentário de que ele tinha superado o Tolkien (???!), o pior é o óculos 3D! me senti um retardado.
bjones

Enzo Potel disse...

aliás, ele tá bombando de indicações no Globo de Ouro. why?! seria otemo se as indicações no Oscar só fossem técnicas!

Oscar disse...

hehe
Concordo em parte ai hein, hehe
Mas os efeitos 3D me surreenderam, o melhor que já vi.
Fiz um comentário no blog: http://cinemacommel.blogspot.com/2010/01/avatar.html

abs

Oscar

Anônimo disse...

Passaram-me um a pouco o link com o seu Blog e o comentário sobre o filme Avatar.

Cara, se liga. O que você esperava do filme? Um arranjo crítico sobre a realidade? Uma demonstração sobre mazelas da humanidade?

É evidente que um filme bonecos azuis de um outro planeta não vai ser a obra cinematográfica que vai fazer as pessoas pensar.

O que me deixa "emputecido" é gente como você. Que faz uma critica de algo que evidentemente seguiria um diapasão de fantasia.

Ora. Se as pessoas gostaram do filme. Sonharam com universo mágico distante a realidade e das vidas vazias, deixe-as em paz. Você não deve se sentir ridicularizado pelos aplausos.

Ah, que piada. Usar um filme como avatar como paradigma para criticar isso ou aquilo.

Se liga mané. Quando voltares do filme Alvim e os Esquilos, quero ver a sua crítica. Que piada.

Daniel Olivetto disse...

Desculpe... não converso com anônimos. É uma mania antiga minha...

beijos

Mané Olivetto

Enzo Potel disse...

Gostei, Dani!
deixando espaço para críticas descabidas!

por que, usando os mesmos argumentos do anônimo: o que ele esperava de um blog? um arranjo crítico sobre a realidade?

ahahahahha

bjones!

turnes disse...

A falta de classe , de gentileza e inteligência do Sr Cagão, digo Anônimo, demonstra aquilo que fala o final do teu texto, Dani. De que adianta se emocionar com as papagaiadas ecológicas de Avatar e depois sair por aí demonstrando esse tipo de respeito pela opinião alheia?

É talvez uma prova da mentira vendida em torno de Avatar.

Avatar justamente fracassa como obra quando tenta ser mais do que mero divertimento, colocando-se a si próprio como uma visão revolucionária e salvadora para o entendimento das questões homem/natureza...o resultado é por demais ingênuo para essa posição que o filme e sua publicidade tentam incutir. Obviamente ele acrescenta à indústria a excelência de uma técnica, mas sua importância, dada especialmente a fragilidade do tratamento do tema, parece somente industrial.